Standard & Poor's corta ratings da Sete Brasil para "SD"

segunda-feira, 23 de março de 2015 19:02 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A agência de classificação de risco Standard & Poor's rebaixou os ratings da empresa brasileira de investimentos em navios-sonda Sete Brasil para 'SD' em escala global e nacional, refletindo não pagamento de empréstimo-ponte bilateral.

A S&P também rebaixou o rating de emissão atribuído às debêntures da Sete, no valor de 1,85 bilhão de reais, de "brB-" para "brCCC" e manteve a perspectiva da empresa em "negativa".

O rebaixamento da nota da empresa reflete a declaração de "default" da Sete Brasil e o subsequente não pagamento do empréstimo-ponte bilateral de 250 milhões de dólares que a empresa tem com o Standard Chartered Bank, disse a S&P em nota.

A Sete tem rolado seus empréstimos-ponte existentes com um grupo de bancos até que negocie as condições finais sobre o pacote de financiamento de longo prazo, negociações que se tornaram mais difíceis após as investigações sobre corrupção na Petrobras, afirmou a S&P.

Os empréstimos-ponte vencem em 17 de abril, mas cada credor tem o direito de executar sua garantia a qualquer momento, dadas as diversas recentes prorrogações de empréstimos da Sete, segundo a agência. Foi diante desses termos, que o Standard Chartered Bank exerceu esse direito.

(Por Juliana Schincariol)