S&P corta perfil de crédito individual e perspectiva da Petrobras, mas mantém grau de investimento

segunda-feira, 23 de março de 2015 20:18 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco Standard & Poor's cortou nesta segunda-feira o perfil de crédito individual da Petrobras (SACP, na sigla em inglês) para "b+", de "bb", e colocou em perspectiva negativa o rating corporativo da estatal, que foi mantido em "BBB-" -- último degrau considerado grau de investimento.

A agência disse que a revisão do crédito individual da estatal, que não leva em consideração o apoio do governo brasileiro, se deve à perspectiva de menor geração de fluxo de caixa e maior alavancagem da empresa neste e no próximo ano por conta do escândalo de corrupção.

"As investigações de corrupção em curso não só dificultaram o financiamento do plano de investimento da Petrobras, mas também enfraqueceram o crédito de seus fornecedores e retardaram a construção das plataformas de petróleo para o aumento da produção", disse a S&P.

A agência acredita que a geração de fluxo de caixa poderá se deteriorar ainda mais caso a empresa seja condenada nas ações abertas por acionistas minoritários dos Estados Unidos.

(Por Raquel Stenzel)