Mercados fecham sem direção comum sob peso de PMI da China

terça-feira, 24 de março de 2015 08:07 BRT
 

Por Lisa Twaronite

TÓQUIO (Reuters) - Os mercados asiáticos fecharam nesta terça-feira sem direção comum, após uma sessão volátil em que uma pesquisa sobre a atividade industrial da China afetou a confiança ao cair inesperadamente para a mínima em 11 meses.

Às 8h01 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,38 por cento, avançando no final do dia após os números sobre a China terem tirado o índice de suas máximas.

O PMI preliminar de indústria do HSBC/Markit caiu para 49,2 em março, abaixo da marca de 50 que separa crescimento de contração. Economistas consultados pela Reuters esperavam leitura de 50,6, contra os 50,7 registrados em fevereiro.

A pesquisa deve aumentar os pedidos de mais afrouxamento da política monetária, mesmo após dois cortes da taxa de juros desde novembro, redução da quantia de dinheiro que os bancos precisam manter como reserva e repetidas tentativas do banco central de reduzir os custos de financiamento.

O índice de Xangai fechou com leve alta de 0,1 por cento, terminando com ganhos pelo 10º dia seguido. Já o índice japonês Nikkei perdeu 0,2 por cento, afastando-se da máxima de 15 anos atingida na sessão anterior.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,21 por cento, a 19.713 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,39 por cento, a 24.399 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSE ganhou 0,11 por cento, a 3.691 pontos.   Continuação...