BCE diz a bancos gregos que não aumentem exposição a títulos públicos, segundo fonte

terça-feira, 24 de março de 2015 20:28 BRT
 

ATENAS (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) pediu a bancos gregos que não aumentem suas participações em títulos do governo grego, incluindo notas do Tesouro, disse à Reuters nesta terça-feira uma fonte familiarizada com o assunto.

A Grécia depende de ajuda da União Europeia, do Fundo Monetário Internacional e do BCE. Mas com essa ajuda congelada, a ação do BCE aumenta a pressão sobre Atenas para alcançar um rápido acordo com seus credores sobre um pacote de reforma para liberar novos recursos.

"Como supervisores, o BCE e o Banco da Grécia estão instruindo os bancos a não aumentar suas exposições a títulos públicos gregos por razões prudenciais", disse a fonte.

Com Atenas ainda precisando refinanciar notas a vencer e com alguns investidores estrangeiros hesitando em renovar suas posições, a instrução do BCE significa que o banco central não quer que bancos gregos cubram a necessidade de financiamento do governo aumentando suas exposições.

"Este movimento está alinhado com as decisões já tomadas (pelo BCE) do lado da política monetária", disse a fonte.

Emitir títulos do Tesouro é a única fonte comercial de empréstimos para o governo de esquerda do novo primeiro-ministro, Alexis Tsipras.