Kraft Foods se unirá com Heinz, da brasileira 3G Capital e Berkshire Hathaway

quarta-feira, 25 de março de 2015 08:31 BRT
 

(Reuters) - A Kraft Foods fechou um acordo para se fundir com a H.J. Heinz, controlada pela empresa de private equity brasileira 3G Capital e pela Berkshire Hathaway, do investidor Warren Buffett, formando a quinta maior companhia de alimentos e bebidas do mundo.

As ações da Kraft subiam cerca de 17 por cento nas negociações antes da abertura do pregão regular após o anúncio do acordo, que trará a Heinz de volta ao mercado acionário após sua aquisição há dois anos.

A companhia combinada terá receita de cerca de 28 bilhões de dólares, afirmaram as companhias em comunicado nesta quarta-feira.

Os acionistas da Kraft deterão 49 por cento da nova empresa e os da Heinz terão os 51 por cento restantes.

Os acionistas da Kraft receberão ações da companhia combinada, chamada Kraft Heinz Co, e um dividendo especial de 16,50 dólares por ação.

O dividendo, que totaliza cerca de 10 bilhões de dólares, será financiado pela Berkshire e pela 3G Capital.

A empresa combinada terá oito marcas valendo mais de 1 bilhão de dólares cada e cinco valendo entre 500 milhões e 1 bilhão de dólares.

No fechamento do pregão de terça-feira, a Kraft tinha valor de mercado de cerca de 36 bilhões de dólares, com base nas ações em circulação de acordo com dados de 2 de março.

(Por Sruthi Ramakrishnan)

 
Produtos da Heinz em um mercado de Seul.  28/08/2014  REUTERS/Kim Hong-Ji