Petrobras vai fechar refinaria no Japão, diz agência Nikkei

quinta-feira, 26 de março de 2015 14:37 BRT
 

(Reuters) - A Petrobras sairá do negócio de refino de petróleo no Japão com o fechamento de sua refinaria em Okinawa ainda este ano, informou nesta quinta-feira a agência Nikkei.

A redução na demanda por gasolina no Japão e os baixos preços do petróleo têm afetado a lucratividade da unidade, disse a agência, sem citar fontes.

A Petrobras deverá construir um terminal de importação como alternativa, para assegurar abastecimento de derivados de petróleo da Coreia do Sul e de outras refinarias japonesas, vendendo a unidade para outro atacadista, segundo a Nikkei.

A Petrobras entrou no mercado japonês em 2008 com a compra de 87,5 por cento da refinaria Nansei Sekiyu da TonenGeneral Sekiyu. Em 2010, a estatal brasileira comprou a participação restante que estava nas mãos da trading Sumitomo, segundo a reportagem da Nikkei.