Volta de tempo ensolarado na Argentina deve garantir safra recorde de soja

quinta-feira, 26 de março de 2015 16:59 BRT
 

BUENOS AIRES (Reuters) - Os encharcados campos agrícolas da Argentina terão o tempo ensolarado tão necessário nos próximos dez dias para secar o solo e permitir que os produtores colham uma safra recorde de soja, após pesadas chuvas no início de março, disseram meteorologistas nesta quinta-feira.

Com cerca de 5 por cento da colheita em 2014/15 já concluída, a safra de soja continua no bom caminho para uma safra de 56 milhões a 60 milhões de toneladas, depois de inundações em fazendas do norte que ameaçaram reduzir a produção de forma significativa.

Uma grande safra da Argentina --principal exportador de farelo de soja-- poderia adicionar pressão aos preços internacionais, já abatidos com uma colheita recorde brasileira após uma produção histórica dos EUA.

"A partir de hoje ou amanhã uma janela de tempo ensolarado vai tornar os solos firmes o suficiente para permitir que as máquinas de colheita entrem em áreas que tinham ficado muito úmidas", disse German Heinzenknecht, meteorologista da Clima Campo.

"Amanhã (sexta-feira) eles terão colheita em algumas das áreas que estiveram mais complicadas. A janela aberta para colheita deve durar até 3 de abril...", completou.

(Por Hugh Bronstein)