Weidmann, do BCE, diz que dívida da zona do euro está em "zona de perigo"

sexta-feira, 27 de março de 2015 07:37 BRT
 

FRANKFURT (Reuters) - A dívida na zona do euro entrou na "zona de perigo", afirmou nesta sexta-feira o presidente do banco central da Alemanha, Jens Weidmann, pedindo que a exposição dos bancos à dívida de países individuais seja limitada.

"Na zona do euro já estamos na zona de perigo --ao menos em relação à dívida pública que está em 91 por cento e à dívida corporativa em 105 por cento", disse Weidmann no texto de um discurso a ser feito em conferência em Frankfurt.

"A dívida soberana precisa ser sustentada por capital, e a exposição a um único soberano tem que ser limitada, como é o caso para qualquer devedor privado", completou Weidmann, que também faz parte do Conselho do Banco Central Europeu (BCE).

(Reportagem de John O'Donnell)