Confiança do comércio cai 4,4% em março, 5º recuo seguido, aponta FGV

sexta-feira, 27 de março de 2015 08:11 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice de Confiança do Comércio (Icom) caiu 4,4 por cento em março, quinto recuo consecutivo, e alcançou o menor nível da série iniciada em março de 2010.

A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta sexta-feira que o índice atingiu 92,0 pontos, ante 96,2 pontos em fevereiro, e embora tenha reduzido o ritmo da queda vista no mês anterior (10,8 por cento) voltou a renovar a mínima histórica.

"O setor se queixa do nível fraco da demanda e se preocupa com o estado geral da economia, o ambiente político e a queda forte da confiança do consumidor neste início de ano", destacou o superintendente adjunto para ciclos econômicos da FGV/IBRE, Aloisio Campelo Jr.

O resultado de março deveu-se principalmente à percepção dos empresários em relação ao momento atual. O Índice de Situação Atual (ISA-COM) recuou 8,8 por cento frente a fevereiro, para 69,1 pontos, menor nível da série.

Já o Índice de Expectativas (IE-COM) teve queda de 1,5 por cento, para 114,9 pontos, também mínima histórica.

O cenário enfrentado no Brasil é de inflação alta, juros elevados e atividade econômica frágil, o que vem afetando o comércio. As vendas no varejo subiram 0,8 por cento em janeiro sobre dezembro, em um resultado insuficiente para compensar a forte queda vista no fim do ano passado.

(Por Camila Moreira)