Grécia diz que enviará lista de reformas nesta 6ª para tentar destravar ajuda

sexta-feira, 27 de março de 2015 11:57 BRT
 

ATENAS (Reuters) - A Grécia vai enviar nesta sexta-feira uma lista de reformas muito aguardada para credores da zona do euro e o Fundo Monetário Internacional (FMI), na esperança de desbloquear dinheiro muito necessário, disse uma autoridade do governo.

Credores da União Europeia e o FMI, informalmente chamados de Grupo de Bruxelas, se reunirão nesta sexta-feira para começar a discutir a lista, disse a autoridade. As aprovações deles, seguidas das bênçãos dos ministros das Finanças da zona do euro, serão necessárias para que Atenas desbloqueie ajuda e afaste a insolvência.

Atenas até agora deu poucos indícios se a mais recente lista conterá uma reforma muito mais abrangente do que a lista anterior de sete reformas sobre questões amplas, desde evasão fiscal a reformas no setor público, que não conseguiu impressionar credores.

O governo de esquerda do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, disse que a mais recente lista incluirá medidas para melhorar a confiança de investidores, impulsionar as receitas tributárias, e reformas judiciais, mas revelou pouco mais sobre o que está prometendo aos credores.

Espera-se também que o governo trate de alguma forma de reforma de aposentadorias, embora ele já tenha descartado qualquer tentativa de elevar a idade de aposentadoria ou outras medidas sensíveis que seriam vistas como cortes nos pagamentos de aposentadorias pelos gregos atingidos pela austeridade.

(Por Renee Maltezou)

 
Premiê grego, Alexis Tsipras, deixa seu gabinete em Atenas. 27/3/2015  REUTERS/Alkis Konstantinidis