UE reduz previsão de estoques finais de trigo

segunda-feira, 30 de março de 2015 13:07 BRT
 

PARIS (Reuters) - A Comissão Europeia reduziu nesta segunda-feira sua previsão para os estoques finais de trigo "soft" na temporada 2015/2016, devido ao consumo maior pelo segmento de ração animal, que também deverá usar menos milho do que o inicialmente estimado.

O órgão executivo da UE estimou, nas sua segunda projeção para 2015/16, os estoques finais do bloco em 16,2 milhões de toneladas de trigo, ante 18,7 milhões de toneladas no início de março.

Esse volume ainda é muito maior do que os estoques de trigo estimados para o final da atual temporada, de 13,3 milhões de toneladas.

A UE deixou a sua estimativa para as exportações de trigo inalterada em 27,1 milhões de toneladas, uma queda ante o recorde de 31 milhões desta temporada.

A revisão dos estoques de trigo ocorreu principalmente devido a um aumento esperado no uso do produto pelo setor de alimentação animal para 50 milhões de toneladas, ante 48 milhões de toneladas previstas em 9 de março. Isso em comparação com 51,9 milhões em 2014/2015.

Ao mesmo tempo, a Comissão cortou em 3 milhões de toneladas sua estimativa para o uso de milho da UE na alimentação animal, em 2015/16, para 59,8 milhões de toneladas, contra 62,8 milhões no início de março, mas ainda acima dos 59,5 milhões de toneladas em 2014/15.

    Os estoques finais de milho do bloco foram agora estimados em 19,15 milhões de toneladas na temporada 2015/16, ante 15,6 milhões na previsão anterior e agora perto dos 20,9 milhões vistos para 2014/15.

(Reportagem de Sybille de La Hamaide e Valerie Parent)