Levy diz que gastos sociais devem ser colocados em trajetória sustentável

segunda-feira, 30 de março de 2015 13:57 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, defendeu nesta segunda-feira as medidas fiscais, ressaltando que são necessárias para reverter a deterioração fiscal e colocar a dívida pública em trajetória de queda.

Levy disse que ajustes precisam ser feitos para que os gastos sociais e obrigatórios sejam colocados em trajetória de sustentabilidade.

Segundo o ministro, o Programa de Sustentação do Investimento (PSI) do BNDES foi financiado pelo Tesouro Nacional, por meio da dívida pública interna adquirida por investidores estrangeiros. O aumento da presença de estrangeiro na dívida interna foi praticamente do mesmo tamanho da expansão do BNDES, disse.

(Reportagem de Renan Fagalde; Texto Raquel Stenzel)