Com nova metodologia do PIB, dívida líquida de fevereiro recua a 33,76% do PIB

terça-feira, 31 de março de 2015 12:55 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - A dívida líquida do país em proporção ao Produto Interno Bruto (PIB) encerrou fevereiro em 33,76 por cento considerando a nova metodologia para o cálculo do PIB, informou o Banco Central nesta terça-feira.

Mais cedo, o BC havia informado que a dívida líquida do mês passado havia ficado em 36,3 por cento do PIB, num cálculo que não levou em conta a nova metodologia do PIB apresentada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

(Reportagem de Luciana Otoni)

 
Sede do Banco Central, em Brasília. 15/01/2014   REUTERS/Ueslei Marcelino