Índice europeu de ações fecha dia em queda mas registra melhor trimestre em anos

terça-feira, 31 de março de 2015 15:14 BRT
 

Por Blaise Robinson

PARIS (Reuters) - O principal índice acionário europeu fechou em queda nesta terça-feira após as recentes altas, mas reteve os grandes ganhos no trimestre, com o alemão DAX registrando o desempenho mais forte para o primeiro trimestre desde sua criação em 1988.

O DAX saltou 22 por cento nos últimos três meses, enquanto o FTSEurofirst 300, índice das principais ações europeias, avançou 16 por cento, impulsionado pelo programa de compra de ativos do Banco Central Europeu que tem ajudado a enfraquecer o euro.

As ações na zona do euro responderam pela maior parte dos ganhos, avançando 18 por cento no geral, com uma alta de cerca de 665 bilhões de euros em valor de mercado ao longo dos últimos três meses, de acordo com dados da Thomson Reuters Datastream.

Isso representa mais da metade do volume do programa de "quantitative easing" do BCE, lançado neste mês.

O euro enfraqueceu antes do lançamento do programa do BCE neste mês, enquanto o Federal Reserve, banco central dos Estados Unidos, aproximou-se de elevar a taxa de juros.

Nesta terça-feira, o FTSEurofirst 300 fechou com queda de 0,7 por cento, aos 1.585 pontos.

Investidores realizaram lucros em papéis do setor automobilístico, o que mais subiu desde o início do ano. A BMW caiu 1,3 por cento e a Renault perdeu 1,5 por cento. Apesar da queda no dia, o setor ainda acumula alta de 32 por cento no trimestre.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,72 por cento, a 6.773 pontos.   Continuação...