CEO da Petrobras disse que BR Distribuidora não será vendida, relata conselheiro

terça-feira, 31 de março de 2015 16:18 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente da Petrobras, Aldemir Bendine, declarou na última reunião do Conselho de Administração da empresa que a BR Distribuidora não será vendida, relatou nesta terça-feira o conselheiro que representa os funcionários da petroleira, Silvio Sinedino.

O conselheiro fez uma transmissão ao vivo pelo site YouTube para relatar fatos tratados na última reunião do Conselho, na quinta-feira passada.

Sinedino se coloca contra a venda de ativos da Petrobras, que considera uma forma de privatização.

A petroleira estatal aprovou recentemente um plano para desinvestir 13,7 bilhões de dólares no biênio 2015 e 2016.

Durante a transmissão, Sinedino destacou ainda que a Petrobras está demitindo funcionários terceirizados, que, segundo ele, têm poucas garantias junto à empresa.

"A Petrobras está cortando muitos contratos de terceirização, desempregando muita gente", afirmou Sinedino.

CONFLITO

O conselheiro também se declarou contra a nomeação do presidente do BNDES, Luciano Coutinho, ou do presidente da Vale, Murilo Ferreira, para presidir o Conselho de Administração.   Continuação...