Eletrobras pode optar por empréstimo de R$2,5 bi para fechar orçamento de 2015

terça-feira, 31 de março de 2015 21:22 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Eletrobras pode obter empréstimo de cerca de 2,5 bilhões de reais em 2015 para fechar o orçamento de investimentos de pouco mais de 14 bilhões de reais previsto para este ano, de acordo com o diretor financeiro e relação com investidores da estatal, Armando Casado.

Segundo o executivo, a Eletrobras já tem garantidos aproximadamente 11,5 bilhões de reais para 2015.

Historicamente, a empresa executa no máximo 80 por cento do valor previsto para cada ano, disse Casado, acrescentando que os empréstimos só seriam necessários caso a Eletrobras invista o total previsto para o ano.

"Necessitaríamos de empréstimos de 2,5 bilhões de reais. Na realidade, todos os anos realizamos até 80 por cento do orçamento. Então eu tenho um orçamento de 14 bilhões de reais", disse ele a jornalistas no Rio de Janeiro.

A Eletrobras espera receber esse ano 3,7 bilhões de reais em indenizações de ativos cujas concessões foram renovadas pela MP 579.

A estatal tem ainda uma geração de caixa prevista de cerca 2,2 bilhões de reais, uma negociação de garantia com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de 3,6 bilhões de reais e mais 2,1 bilhões de empréstimos que ainda estão pendentes.

O executivo não descartou a possibilidade de a estatal se desfazer de parte ou integralmente das distribuidoras de energia que são controladas pela Eletrobras.

"O Santander fez um estudo de diversas alternativas de alienação de parte ou totalidade das distribuidoras... ainda não temos as condições de renovação estabelecidas e, assim que tivermos isso vamos dar andamento a esses trabalhos", afirmou.

  Continuação...