Indústria da zona do euro acelera com euro fraco ajudando exportação, mostra PMI

quarta-feira, 1 de abril de 2015 08:35 BRT
 

LONDRES (Reuters) - A atividade industrial na zona do euro acelerou mais rápido do que previsto inicialmente no mês passado, ampliando os sinais de que a economia do bloco está se recuperando, mostrou nesta quarta-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

O PMI final de indústria para março chegou à máxima de 10 meses de 52,2, acima da preliminar de 51,9. Foi o 21º mês acima da marca de 50 que separa crescimento de contração.

"A leitura final do PMI sinalizou crescimento ligeiramente mais forte da economia industrial do que a leitura preliminar, ampliando os sinais de que a economia da zona do euro está reanimando após a desaceleração do ano passado", disse Chris Williamson, economista-chefe do Markit.

"Março registrou o maior aumento em novas encomendas de exportação desde abril de 2014. As empresas informaram que o euro mais fraco foi o principal fator por trás das novas encomendas para exportações mais altas."

O subíndice que mede as novas encomendas para exportação, que inclui o comércio dentro do bloco, saltou para 52,7 ante 51,8 em fevereiro, ajudando o índice de produção a saltar à máxima de 10 meses de 53,6.

Para mais informações, veja a matéria em inglês:

(Por Jonathan Cable)

 
Logo do Euro visto na sede do Banco Central Europeu, em Frankfurt. 26/10/2015       REUTERS/Ralph Orlowski