Exportação de algodão da Índia cairá 41% com menos compras da China

quarta-feira, 1 de abril de 2015 12:50 BRT
 

MUMBAI (Reuters) - As exportações de algodão da Índia, o maior produtor do mundo e segundo maior vendedor, deverão cair 41 por cento para uma mínima de cinco anos de 7 milhões de fardos neste ano safra que termina em setembro, com a China restringindo compras, afirmou uma autoridade.

O comissário da indústria têxtil da Índia, Kiran Soni Gupta, disse que revisou a previsão de exportação ante 9 milhões de fardos, na estimativa de outubro, e que o país terá que elevar vendas para Bangladesh, Paquistão e Vietnã.

A Índia deve produzir 39 milhões de fardos neste ano safra, ante a previsão anterior de 40 milhões de fardos, com produtividades menores devido às chuvas fracas em todo o período de plantio no ano passado, segundo Gupta.

Já a demanda de algodão doméstica deverá aumentar em cerca de 7 por cento, para 32 milhões de fardos neste ano safra.

(Por Meenakshi Sharma)