Grécia diz estar pronta para fazer pagamento ao FMI em 9 de abril

sexta-feira, 3 de abril de 2015 14:58 BRT
 

(Reuters) - A Grécia vai pagar de volta uma tranche do empréstimo do Fundo Monetário Internacional (FMI) em tempo em 9 de abril, disse o vice-ministro das Finanças nesta sexta-feira, buscando suprimir temores de inadimplência após diversas declarações contraditórias sobre o assunto nos últimos dias.

O país está ficando sem dinheiro rapidamente e os líderes da zona do euro e o FMI congelaram a ajuda financeira até o novo governo, de esquerda, chegar a um acordo sobre um pacote de reformas.

Isso fez com que o ministro do Interior sugerisse nesta semana que Atenas iria priorizar o pagamento de salários e aposentadorias, acima do pagamento de 450 milhões de euros ao FMI, embora o governo tenha negado a posição.

Autoridades da zona do euro então citaram a Grécia dizendo que iria ficar sem dinheiro em 9 de abril, o que o ministro das Finanças nega.

"Nós nos esforçamos para podermos pagar nossas obrigações a tempo", disse o vice-ministro das Finanças, Dimitris Mardas, à Skai TV. "Estamos prontos para pagar em 9 de abril".

Atenas não recebe fundos de resgate desde agosto do ano passado e recorreu a medidas como empréstimos de entidades estatais para tentar passar pela crise.

O governo espera que a aprovação de seu mais recente pacote de reformas libere a ajuda remanescente de 7,2 bilhões de euros do resgate da União Europeia e do FMI e leve ao retorno de cerca de 1,9 bilhões de euros em lucros do Banco Central Europeu sobre títulos gregos.

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse que a Grécia iria receber novos fundos somente se seus credores aprovassem as reformas que Atenas apresentou.

(Reportagem de George Georgiopoulos e Karolina Tagaris em Atenas e Michelle Martin em Berlim)