Incêndio em Santos atinge novo tanque de combustível

sábado, 4 de abril de 2015 14:59 BRT
 

(Reuters) - O incêndio em parte do terminal da Ultracargo nas imediações do porto de Santos, o maior do país, atingiu neste sábado mais um tanque, levando a quatro o número total de tanques afetados pelas chamas.

Em nota enviada à imprensa, a Ultracargo, que pertence ao Grupo Ultra, informou que o tanque é vizinho à área originalmente atingida e que contém gasolina. Segundo a companhia, o incidente segue sem vítimas e feridos.

Explosões foram inicialmente ouvidas na instalação de armazenamento de combustível na manhã de quinta-feira, rapidamente se transformando em um incêndio que criou uma espessa coluna de fumaça negra.

Mais cedo neste sábado, o Corpo de Bombeiros de São Paulo chegou a divulgar em sua conta no Twitter que três tanques ainda pegavam fogo no local, acrescentando que o combate permanecia "muito difícil". Na sexta-feira, eram cinco tanques em chamas.

O Corpo de Bombeiros disse ainda que um navio de combate a incêndio estava em operação no porto, juntamente com mais dois rebocadores.

Na mesma bacia de contenção do acidente existem mais dois tanques - um vazio e outro com etanol. De acordo com a Ultracargo, ambos ainda não foram atingidos pelo fogo.

"Os trabalhos das equipes de combate ao incêndio estão focados no resfriamento do tanque que contém etanol, com o objetivo de deter a propagação do fogo", completou a companhia.

(Por Marcela Ayres, de Brasília; Edição de Luciana Bruno)