Importação de minério pela Índia tem recorde com usinas aproveitando preços baixos

segunda-feira, 6 de abril de 2015 11:38 BRT
 

CINGAPURA (Reuters) - As importações de minério de ferro pela Índia subiram para um recorde acima de 15 milhões de toneladas no ano fiscal encerrado em março, com a queda dos preços globais e oferta interna limitada levando siderúrgicas a comprar mais matéria-prima no exterior, segundo dados da indústria divulgados nesta segunda-feira.

Anteriormente, o terceiro fornecedor mundial de minério de ferro, a Índia tem buscado mais importação devido a restrições impostas contra a mineração ilegal nos principais Estados produtores de Karnataka e Goa.

A escassez se aprofundou no ano passado, quando algumas minas nos Estados de Odisha e Jharkhand foram obrigadas a fechar após a expiração das licenças.

As importações de minério de ferro pela Índia totalizaram 15,5 milhões de toneladas no ano fiscal, de acordo com dados compilados pela consultoria do setor SteelMint, que acompanha as entregas em 18 portos em todo o país.

No ano até março de 2014, as importações atingiram apenas 320 mil toneladas.

Apesar do salto nos embarques para a Índia, os preços globais de minério de ferro caíram abaixo de 50 dólares por tonelada na semana passada, para o menor nível desde que um indicador chave começou a publicar cotações, em 2008.

Nesta segunda-feira, a commodity foi cotada a 46,70 dólares por tonelada, uma mínima recorde do indicador The Steel Index.

A commodity siderúrgica perdeu cerca de dois terços de seu valor desde o início do ano passado, em meio a um excesso de oferta e demanda mais lenta da parte do principal importador global, a China.

(Reportagem de Manolo Serapio Jr; com reportagem adicional de Mayank Bhardwaj, em Nova Délhi)

 
Trabalhadores despejam ferro derretido numa fábrica de autopeças, na Índia. 12/05/2014 REUTERS/Amit Dave