Preços ao produtor na zona do euro caem menos que o esperado em fevereiro

terça-feira, 7 de abril de 2015 07:54 BRT
 

BRUXELAS (Reuters) - Os preços ao produtor na zona do euro recuaram menos do que o esperado em fevereiro na comparação com um ano antes, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, graças a uma recuperação nos custos da energia durante o mês e bens ao consumidor mais caros.

A agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat, informou que os preços nos portões das fábricas nos 19 países que compartilham o euro subiram 0,5 por cento em fevereiro na comparação com o mês anterior, a primeira alta mensal desde setembro, registrando uma queda de 2,8 por cento na base anual.

Economistas consultados pela Reuters esperavam uma alta mensal de 0,1 por cento e um declínio anual de 3,0 por cento.

Os preços de energia saltaram 2,0 por cento na comparação mensal e ficaram 8,1 por cento mais baixos ante o ano anterior após um declínio anual de 10,5 por cento me janeiro.

Excluindo energia, os preços ao produtor caíram 0,1 por cento na base mensal em fevereiro e ficaram 0,8 por cento mais baixos do que um ano antes.

Os preços cobrados por produtores industriais são uma indicação das tendências da inflação ao consumidor, uma vez que aumentos se traduzem em preços cobrados em lojas, a menos que os varejistas ou outros intermediários absorvam as altas através de margens de lucros menores para competir por clientes.

(Reportagem de Jan Strupczewski)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5644 7729)) REUTERS CMO AC