Dólar fecha em alta de 0,5% ante o real após sessão volátil

quinta-feira, 9 de abril de 2015 17:34 BRT
 

Por Flavia Bohone

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar encerrou em alta ante o real nesta quinta-feira, após ter permanecido em território negativo em grande parte da sessão volátil, com a percepção de um quadro político doméstico mais benigno e o mercado testando a resistência da moeda conforme a cotação se aproxima dos 3 reais.

A moeda norte-americana fechou em alta de 0,47 por cento, a 3,0706 reais na venda, após ter recuado 2,48 por cento na sessão anterior. Segundo dados da BM&FBovespa, o giro financeiro ficou em torno de 858 milhões de dólares.

A agência de classificação de risco Fitch colocou a perspectiva para a nota brasileira em "negativa" nesta quinta-feira, gerando certa volatilidade no mercado, apesar da visão de que aumentaram as chances do governo aprovar as medidas de ajuste fiscal.

Essa percepção foi reforçada pela indicação do vice-presidente da República e presidente do PMDB, Michel Temer, para assumir a coordenação política do governo.

A moeda norte-americana fechou abaixo dos 3 reais pela última vez em 4 de março, quando encerrou os negócios a 2,9807 reais na venda. No mês passado, o dólar acumulou alta de 11,7 por cento ante o real.

Além da resistência técnica conforme o dólar se aproxima dos 3 reais, ainda há algum receio no mercado em relação à aprovação das medidas econômicas, apesar de uma percepção mais otimista nos últimos dias.

"Ainda estamos no meio do olho do furacão. A tempestade ainda está por vir", disse o especialista em câmbio da Icap Italo Abucater, acrescentando que a definição sobre articulação política é positiva, mas o governo ainda precisa aprovar as medidas necessárias ao ajuste fiscal.

Nesta manhã, o BC brasileiro vendeu a oferta integral de até 10,6 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em 4 de maio, equivalentes a 10,115 bilhões de dólares. Até o momento, a autoridade monetária já rolou cerca de 30 por cento do lote total.