América Latina e França impulsionam vendas do Carrefour no 1o trimestre

sexta-feira, 10 de abril de 2015 07:07 BRT
 

PARIS (Reuters) - A varejista francesa Carrefour divulgou vendas acima do esperado para o primeiro trimestre nesta sexta-feira, impulsionadas pelo crescimento na América Latina e uma melhora em seus hipermercados domésticos.

As ações da segunda maior varejista do mundo, atrás do Wal-Mart, saltavam mais de 3 por cento, maior ganho do índice de blue chips francês CAC 40, para seu maior nível desde novembro de 2010. A ação acumula alta de cerca de cerca de 30 por cento desde o início do ano.

As vendas do grupo no primeiro trimestre atingiram 21 bilhões de euros (22,4 bilhões de dólares), uma alta de 3,2 por cento, disse o Carrefour. Analistas consultados pela Reuters, em média, esperavam crescimento de 2,5 por cento, para 20,8 bilhões de euros.

O Carrefour disse que as vendas comparáveis subiram 12,5 por cento excluindo efeitos com combustível e calendário na América Latina no primeiro trimestre, com uma alta de 8,4 por cento no Brasil. Os negócios permaneceram fracos na China, contudo, com as vendas recuando 14 por cento.

(Por Pascale Denis)