GE venderá portfólio imobiliário e determina recompra de US$50 bi de ações

sexta-feira, 10 de abril de 2015 08:57 BRT
 

(Reuters) - A General Electric disse que venderá a maior parte de seu portfólio de imóveis para investidores incluindo a Blackstone e o Wells Fargo & Co por 26,5 bilhões de dólares, a maior transação de imóveis comerciais desde 2007.

A companhia, que vem realinhando o foco em seus negócios industriais, disse também que seu Conselho autorizou um programa de recompra de ações de até 50 bilhões de dólares.

O plano permite que a GE faça a recompra de quase 2 bilhões de suas ações em circulação, com base no preço do fechamento na quinta-feira.

A GE tem vendido seus investimentos imobiliários no mundo conforme foca em melhorar os lucros das vendas de produtos como turbinas de jatos, geradores, equipamentos de redes elétricas e para campos de petróleo.

A companhia disse nesta sexta-feira que espera que o lucro de seus negócios de aviação, energia e água, e outras indústrias respondam por cerca de 90 por cento do lucro total até 2018. As unidades representavam pouco mais da metade do lucro da GE em 2013.

A GE disse que terá encargos após impostos de cerca de 16 bilhões de dólares relacionados à reestruturação no primeiro trimestre, sendo que 12 bilhões dos quais não serão em dinheiro.

A Blackstone e o Wells Fargo disseram que vão comprar a maior parte dos ativos da GE Capital Real Estate num acordo avaliado em cerca de 23 bilhões de dólares.

O acordo é a maior transação em imóveis comerciais desde a aquisição da proprietária de escritórios Equity Office Properties Trust em 2007 pela Blacktone por 39 bilhões de dólares, incluindo dívidas.

(Por Sagarika Jaisinghani)