Contratos futuros de minério de ferro tocam mínima histórica na China

sexta-feira, 10 de abril de 2015 14:23 BRT
 

XANGAI (Reuters) - Os contratos futuros de minério de ferro chegaram a cair quase 4 por cento nesta sexta-feira, atingindo uma mínima recorde, devido ao baixo interesse de compra no maior consumidor global em meio a um sentimento baixista do mercado.

As siderúrgicas na China, maior produtor de aço do mundo, compraram um mínimo de matéria-prima na expectativa de novas quedas nos preços, devido a demanda moderada de aço na China, expandindo o excesso de oferta.

"O mercado global é baixista e as usinas só estão comprando da mão para a boca", disse Li Wenjing, analista da Industrial Futures, em Xangai.

O minério de ferro para entrega em setembro na bolsa de Dalian fechou nesta sexta-feira cotado a 370 iunaes, após tocar mínima na sessão de 368 iunanes (59 dólares), seu nível mais baixo desde o lançamento do contrato, em outubro de 2013.

A produção média diária de grandes siderúrgicas da China caiu 2,2 por cento entre 21 e 31 de março, ante os 10 dias anteriores, configurando o terceiro período consecutivo de queda, segundo dados da indústria divulgados na quinta-feira. Os cortes de produção vão adicionar pressão sobre minério de ferro.

O índice de referência do minério de ferro, com 62 por cento de ferro, com entrega imediata na China, fechou com queda de 1 por cento, para 47,3 dólares por tonelada, nesta sexta-feira, de acordo com o Steel Index, perto de uma mínima histórica, de 46,70 dólares.

(Por Ruby Lian e David Stanway)