Índice atinge máxima desde 2000 com queda do euro

sexta-feira, 10 de abril de 2015 16:51 BRT
 

Por Francesco Canepa e Blaise Robinson

LONDRES/PARIS (Reuters) - O principal índice de ações europeias atingiu o nível mais alto desde 2000 nesta sexta-feira, impulsionado por nova queda do euro, o que é visto como um suporte à recuperação econômica e aos lucros corporativos.

O índice FTSEurofirst 300 das principais ações europeias fechou com alta de 0,93 por cento, aos 1.645 pontos, ultrapassando o pico de 2007 e levando os ganhos até agora neste ano a 20 por cento.

O índice alemão DAX e o britânico FTSE 100 atingiram novas máximas, enquanto o francês CAC 40 avançou ao maior nível desde 2008.

As ações do francês Carrefour, segundo maior varejista do mundo, avançaram 2 por cento após anunciar vendas trimestrais melhores que o esperado, devido ao crescimento na América Latina e melhor em seus hipermercados domésticos.

Os papéis da Nokia saltaram 3,9 por cento, para máxima de quatro anos, após notícia da Bloomberg de que a empresa está avaliando a venda de seu negócio de mapas.

O euro caiu para 1,0603 dólar nesta sessão, tendo recuado mais de 3 por cento esta semana.

As ações europeias subiram com força nesta ano uma vez que investidores globais aumentaram sua exposição à região devido a expectativas de que o recuo do euro ajudaria as empresas, uma vez que cerca de 50 por cento dos lucros corporativos da zona do euro vêm de fora da região.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 1,06 por cento, a 7.089 pontos.   Continuação...