Preocupações com a Grécia ofuscam febre de aquisições e índice acionário europeu recua

terça-feira, 14 de abril de 2015 15:06 BRT
 

Por Blaise Robinson

PARIS (Reuters) - O principal índice de ações europeias fechou em queda nesta terça-feira, após renovação de preocupações em relação à Grécia ofuscar qualquer impacto positivo de notícias sobre um acordo entre Nokia e Alcatel-Lucent.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em queda de 0,45 por cento, aos 1.639 pontos.

Uma recuperação do euro durante a sessão também levou investidores a embolsarem lucros recentes nas ações de exportadores. As ações da produtora de bens de luxo LVMH recuaram 2,5 por cento e as da fabricante de aeronaves Airbus perderam 2,6 por cento.

Os papéis da fabricante de equipamentos de telecomunicações francesa Alcatel saltaram 16 por cento depois que Nokia e Alcatel anunciaram que estão em negociações avançadas para que a primeira compre a segunda. As ações da Nokia recuaram 3,6 por cento.

O gestor de fundos da Clairinvest Ion-Marc Valahu demonstrou ceticismo em relação ao acordo proposto.

"São dois dos players mais fracos na indústria. Eles podem sair com alguns cortes de custos, mas só porque você combina um player fraco com outro player fraco não necessariamente significa que vai acabar com um player mais forte", disse Valahu.

O acordo somou-se a uma recente onda de atividades de fusões e aquisições que tem ajudado a elevar as ações europeias. Entretanto, não foi suficiente para impulsionar os mercados acionários europeus em geral.

Os investidores se assustaram com uma notícia dizendo que a Grécia está se preparando para dar default da dívida se não alcançar um acordo com seus credores até o fim do mês. A Grécia negou a notícia do Financial Times, e afirmou que as negociações estão avançando "rapidamente" na direção de uma solução.   Continuação...