Polícia Federal investiga suposta corrupção dentro da Eletronorte

quarta-feira, 15 de abril de 2015 09:24 BRT
 

(Reuters) - A Polícia Federal lançou nesta quarta-feira operação para investigar suposta corrupção praticada pelo que seria uma organização criminosa dentro da Eletronorte, informou a PF em comunicado.

Com o nome de Choque, a operação foi deflagrada em ação conjunta com o Ministério Público Federal e a Controladoria-Geral da União. Cerca de 50 policiais cumpriram oito mandados de busca e apreensão e dois de prisão temporária nos Estados de São Paulo, Rondônia, Rio de Janeiro, Minas Gerais e no Distrito Federal.

"Até o momento a investigação comprovou que um integrante do corpo gerencial da estatal, por meio de uma empresa 'laranja' em nome de familiares, enriqueceu ilicitamente, recebendo vantagens indevidas de pessoas jurídicas que mantinham contratos com a empresa", disse a PF em nota.

Os suspeitos são investigados por possível prática dos crimes de corrupção passiva e ativa, formação de quadrilha, fraudes licitatórias, lavagem de dinheiro, segundo a polícia.

A operação envolvendo a Eletronorte --estatal controlada pela Eletrobras-- é a mais recente em uma série de investigações da PF sobre corrupção em órgãos públicos federais, a maior delas envolvendo a Petrobras.

(Por Pedro Fonseca, no Rio de Janeiro)