Rússia diz que ainda não há decisão sobre taxa de trigo e suspensão de embargos

quarta-feira, 15 de abril de 2015 14:08 BRT
 

MOSCOU (Reuters) - O ministro da Agricultura russo, Nikolai Fyodorov, disse nesta quarta-feira o ministério ainda tem que decidir se um imposto de exportação de trigo deve ser prorrogado para a próxima temporada de comercialização de 2015/16 e sobre suspender ou não a proibição a alguns produtos alimentares ocidentais.

A decisão sobre a taxa de exportação de trigo pode sair em junho, quando as perspectivas para a safra de grãos da Rússia em 2015 ficarem mais claras, disse ele a repórteres. O imposto está estabelecido até 30 de junho.

A Rússia proibiu a maioria das importações de alimentos ocidentais, no valor de cerca de 9 bilhões dólares, no ano passado, em retaliação às sanções do Ocidente sobre o papel da Rússia na crise da Ucrânia.

Questionado sobre se a Rússia planejava estender a proibição, que vai até o início de agosto, Fyodorov disse: "Se os nossos parceiros ocidentais facilitarem o seu regime de sanções contra a Rússia... então nós (o governo) teremos material para rever e ajustar a lista de sanções dos países e produtos".

"Portanto, esperamos um sinal dos nossos parceiros ocidentais."

Os embargos russos a produtos dos EUA e União Europeia, como carnes, por exemplo, acabaram beneficiando o Brasil. Uma suspensão das proibições poderia ter algum impacto nos negócios dos exportadores brasileiros.

(Reportagem de Polina Devitt)