Sabesp pede reajuste de 22,7% em tarifas

quarta-feira, 15 de abril de 2015 16:26 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Sabesp propôs à agência reguladora paulista de saneamento e energia um aumento total da tarifa de água de 22,70 por cento, em audiência pública nesta quarta-feira sobre a proposta de revisão tarifária extraordinária da empresa.

O valor inclui índice de 7,80 por cento referente ao reajuste da tarifa pela inflação medida pelo IPCA e também 13,82 por cento de revisão extraordinária, disse a empresa em comunicado ao mercado.

A Sabesp afirmou no pedido que seu objetivo é cobrir a alta nos custos com energia elétrica e a queda nos volumes de água faturados pela companhia diante do quadro de crise hídrica no Estado.

Segundo a agência reguladora Arsesp, dentro de 15 a 20 dias será definida a nova tarifa da Sabesp, após análise do pedido da empresa e de outras contribuições à audiência pública.

Em apresentação sobre seu pedido, a Sabesp argumenta que a empresa de saneamento de Minas Gerais, Copasa, "reajustou suas tarifas em 15,04 por cento só por conta de energia".

"Mesmo após a aplicação do percentual proposto pela Sabesp, a tarifa será 10 por cento inferior à da Copasa", afirmou a empresa paulista na apresentação enviada ao mercado.

As ações da Sabesp subiam quase 4 por cento às 16h25, enquanto o Ibovespa mostrava valorização de 1,62 por cento.

(Por Alberto Alerigi Jr.)