Goldman Sachs tem lucro acima do esperado no 1o trimestre

quinta-feira, 16 de abril de 2015 09:40 BRT
 

(Reuters) - O Goldman Sachs teve lucro de primeiro trimestre acima de expectativas de analistas, impulsionado por um salto em operações com renda fixa e moedas. O resultado foi o maior desde o primeiro trimestre de 2010.

O banco divulgou nesta quinta-feira que o lucro líquido aplicável a detentores de ações ordinárias subiu a 2,75 bilhões de dólares, ou 5,94 dólares por ação, para o trimestre encerrado em 31 de março, ante 1,95 bilhão de dólares, ou 4,02 dólares por papel, no mesmo período de 2014.

Analistas esperavam, em média, lucro de 4,26 dólares por ação, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

O Goldman tem estado mais engajado em operações de renda fixa e commodities do que alguns rivais, com o presidente-executivo do banco, Lloyd Blankfein, argumentando que a instituição conseguirá capturar fatia de mercado ficando em áreas de operação que outros estão abandonando diante de novas regras mais duras de capital e uma queda na atividade de clientes.

A estratégia rendeu frutos no último trimestre. A receita com operações de renda fixa, moedas e commodities subiu 10 por cento, para 3,13 bilhões de dólares. Isso correspondeu a cerca de 30 por cento da receita líquida total, que cresceu 14 por cento, para 10,62 bilhões.

O Goldman Sachs se tornou o maior banco em commodities em receita no ano passado, ultrapassando o rival JPMorgan Chase, segundo a empresa de análise Coalition, mas o banco não detalha a receita com o segmento.

A receita de atividades de banco de investimento subiu 7,1 por cento, para 1,91 bilhão de dólares, patamar mais alto desde 2007.