Dólar fecha em alta de 0,82% a R$3,0414 após dados de inflação dos EUA

sexta-feira, 17 de abril de 2015 17:53 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou em alta ante o real nesta sexta-feira, refletindo expectativa de aumento de juros nos Estados Unidos neste ano, após dados mostrarem avanço do núcleo da inflação norte-americana em 12 meses até março.

A moeda norte-americana fechou em alta de 0,82 por cento, a 3,0414 reais na venda, mas acumulou queda de 0,97 por cento na semana. Segundo dados da BM&FBovespa, o giro financeiro ficou em torno de 1,09 bilhão de dólares.

O núcleo dos preços ao consumidor, que exclui alimentos e energia, subiu 1,8 por cento em 12 meses até março, a maior alta desde outubro e acima da expectativa do mercado, de alta de 1,7 por cento. Já o índice cheio subiu pelo segundo mês consecutivo, com alta no custo da gasolina e de moradias.

"O núcleo veio mais forte que o esperado e dá liberdade para o Fed (banco central dos EUA) avaliar o aumento da taxa de juros, já que os números anteriores vinham decepcionando", disse o gerente de câmbio da Correparti, João Paulo De Gracia Correa.

Contribuiu ainda para a alta do dólar ante o real o fato da cotação ter se aproximado nos últimos dias do patamar de 3 reais, onde encontra resistência e atrai compradores.

A moeda norte-americana fechou abaixo dos 3 reais pela última vez no dia 4 de março, a 2,9807 reais. Nas duas semanas seguintes, contudo, o dólar entrou em ascensão até fechar na máxima em quase 12 anos no dia 19 de março, a 3,2965 reais.

Nesta manhã, o BC brasileiro vendeu a oferta integral de até 10,6 mil swaps para rolagem dos contratos que vencem em 4 de maio, equivalentes a 10,115 bilhões de dólares. Até o momento, a autoridade monetária já rolou cerca de 61 por cento do lote total.

(Por Flavia Bohone e Raquel Stenzel)