Putin diz que está pronto para trabalhar com EUA

sábado, 18 de abril de 2015 11:35 BRT
 

(Reuters) - A Rússia tem interesses em comum com os Estados Unidos e trabalhará com o país em uma agenda comum, disse o presidente russo, Vladimir Putin, neste sábado em entrevista televisiva.

Em declarações a um programa de debate no canal estatal Rossiya, Putin pareceu suavizar sua linguagem antiestadunidense em declarações anteriores em que havia sido mais duro.

"Temos desencontros em vários temas da agenda internacional. Mas ao mesmo tempo, há algo que nos une, que nos força a trabalharmos juntos", asseguró Putin.

"Me refiro a esforços gerais que buscam que a economia mundial seja mais democrática, mais sincronizada e equilibrada, para que a ordem mundial seja mais democrática", acrescentou o líder russo.

Os Estados Unidos e o Ocidente tem fustigado duramente Putin, a cujo governo têm responsabilizado pela crise na Ucrânia, que por sua vez atribui a um "golpe" com respaldo do Ocidente contra o ex-presidente ucraniano, Viktor Yanukovich.

As relações entre Moscou e Washington, assim como as da Rússia com outras potências do Ocidente, azedaram devido ao conflito na Ucrânia, onde desde abril do ano passado mais de 6 mil pessoas morreram.

As declarações de Putin foram dadas dois dias depois de uma intervenção televisiva no país, em que Putin acusou os Estados Unidos de dominar assuntos internacionais, dizendo que o país não queria "aliados, mas vasalos".

Tanto a Rússia quanto o Ocidente dizem que apoiam um acordo de paz alcançado em Minsk em fevereiro e como resultado, a região ucraniana de Donbass se manteve em cessar fogo.

(Reportagem de Jason Bush)