Forças iraquianas retomam controle de maior refinaria do Iraque

sábado, 18 de abril de 2015 11:57 BRT
 

BAGDÁ (Reuters) - Forças iraquianas retomaram neste sábado o controle da maior refinaria de petróleo do país, que estava nas mãos do Estado Islâmico, disseram autoridades de segurança, revertendo ganhos dos militantes, que haviam tomado o vasto complexo nesta semana.

Os insurgentes atacaram a refinaria Baiji, no Iraque, há uma semana, explodindo o perímetro ao redor do local e assumindo o controle de várias instalações, incluindo os tanques de estocagem.

Um porta-voz das forças de contraterrorismo do Iraque disse à Reuters que tropas que protegem a refinaria já retomaram a maioria das instalações, embora ainda haja alguns insurgentes no local.

"Esperamos retomar o controle total em duas horas", disse Sabah al-Noamani.

Forças iraquianas retomaram a refinaria das mãos de militantes em novembro, mas perderam o controle novamente.

Insurgentes do Estado Islâmico sofreram uma grande derrota neste mês, quando tropas iraquianas e paramilitares xiitas expulsaram o grupo da cidade de Tikrit, mas os militantes voltaram à ofensiva em Baiji e na província de Anbar no oeste do país.    Milhares de famílias fugiram de Anbar nos últimos dias, depois que o Estado Islâmico investiu contra Ramadi e autoridades locais avisaram que a cidade estava por cair.    Dois membros do conselho provincial de Anbar e o major da polícia Khalid al-Fahdawi, que está estacionado em Ramadi, afirmou que reforços estavam a caminho e que a cidade não estava mais em perigo imediato.    "O perigo ainda está lá, mas a situação está melhor do que ontem", afirmou o membro do conselho provincial Sabah Karhout.

(Reportagem de Isabel Coles)