Fitch eleva rating do Carrefour, apesar do Brasil

segunda-feira, 20 de abril de 2015 16:59 BRT
 

(Reuters) - A agência de classificação de risco Fitch elevou o rating de longo prazo do Carrefour de "BBB" para "BBB+", com perspectiva estável, com perspectivas de melhores resultados na França ofuscando eventual resultado ruim no Brasil.

A elevação da nota foi impulsionada por uma melhora no perfil de negócio do Carrefour, com recuperação de vendas e elevação da lucratividade, disse a agência.

"Acreditamos que a melhora é estrutural e, portanto, confortavelmente sustentável, primeiro apoiada pela retomada bem sucedida das operações francesas", disse a Fitch em comunicado.

As operações do Carrefour na França têm registrado dois anos de vendas positivas na base mesmas lojas (excluindo combustível e efeito de calendário). As vendas das operações europeias começaram a se recuperar e a margem operacional melhorou levemente em 2014, declarou a Fitch.

A Europa, seu principal mercado, em 2014 respondeu 71 por cento das vendas consolidadas. A retomada confirma a estratégia do Carrefour iniciada em 2012, impulsionada por gestão efetiva e governança corporativa, disse a Fitch.

"A Fitch não espera quaisquer afrouxamento nas medidas de gestão (do Carrefour) para consolidar ainda mais seu modelo de negócios, que implicam um programa abrangente de reforma na França e no Brasil e a contínua implementação de uma estratégia de multi-formato e multi canal e medidas de otimização de custos operacionais", disse a Fitch.

"Tais ações devem apoiar vendas firmes e crescimento de Ebit. Acreditamos que melhores resultados na França e na Europa serão capazes de ofuscar quaisquer possíveis enfraquecimentos no Brasil nos próximos três anos".

(Por Luciana Bruno)