Wall St sobe por estímulo na China e otimismo com resultados do setor de tecnologia

segunda-feira, 20 de abril de 2015 18:00 BRT
 

NOVA YORK (Reuters) - Os principais índices acionários dos Estados Unidos fecharam em alta nesta segunda-feira, após a China agiu para estimular a sua economia em desaceleração e com um certo otimismo sobre os resultados corporativos de empresas de tecnologia.

O Dow Jones subiu 1,17 por cento, a 18.034 pontos. O S&P 500 teve ganho de 0,92 por cento, a 2.100 pontos. O Nasdaq avançou 1,27 por cento, para 4.994 pontos.

O banco central da China reduziu no domingo o montante que os bancos têm que manter em reserva, um movimento para estimular a concessão de crédito e combater a desaceleração da economia.

A alta de 2,28 por cento da Apple impulsionou o mercado acionário, assim como o avanço de 3,42 por cento nos papéis da IBM.

Após o fechamento, a IBM apresentou os resultados do primeiro trimestre acima das expectativas, levando suas ações a subirem mais 2,4 por cento.

O componente do setor de teconologia da informação do S&P 500 fechou em alta 1,79 por cento.

As grandes de tecnologia Facebook, Google, Qualcomm, Microsoft e Amazon.com também divulgam seus resultados trimestrais nesta semana.

A perspectiva para os lucros das empresas de tecnologia melhorou modestamente na sequência da divulgação dos resultados da Intel e Netflix na semana passada e Check Point Software na segunda-feira.

"As pessoas acham que como tivemos três grandes empresas de tecnologia com bons resultados, então talvez as outras vão ter também", disse Donald Selkin, estrategista-chefe de mercado da National Securities, em Nova York. "O perigo é que quando as ações sobem antes de um evento, as expectativas ficam mais altas e aumentam as chances de ocorrerem decepções."

(Por Caroline Valetkevitch)