Bolsas na Ásia sobem após estímulos da China

terça-feira, 21 de abril de 2015 09:17 BRT
 

Por Hideyuki Sano e Vidya Ranganathan

TÓQUIO (Reuters) - A maioria dos pregões na Ásia fechou em alta nesta terça-feira, alinhando-se a ganhos nos mercados norte-americano e europeu na véspera após as últimas medidas da China para estimular sua economia em desaceleração.

O índice MSCI que reúne ações da região exceto o Japão avançava 0,8 por cento às 9h10 (horário de Brasília).

Tal desempenho encontrava suporte principalmente no avanço do índice da bolsa de Hong Kong, que tem se valorizado por três semanas seguidas amparado em investimentos chineses.

O japonês Nikkei também terminou no azul, assim como o pregão na Austrália.

O banco central da China cortou o montante de dinheiro que bancos precisam deter como reservas, o segundo corte para todo o setor em dois meses, acrescentando mais liquidez para impulsionar o crescimento em desaceleração.

"A ação da China desfez o dano causado pela repressão (a compras especulativas em ações chinesas na sexta-feira)", disse Hirokazu Kabeya, estrategista-chefe mundial da Daiwa Securities.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,40 por cento, a 19.909 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 2,79 por cento, a 27.850 pontos.   Continuação...