Gastos do Google com lobby atingiram novo recorde no começo de 2015

terça-feira, 21 de abril de 2015 15:56 BRT
 

WASHINGTON (Reuters) - O Google, já uma das companhias que mais gasta em Washington, estabeleceu seu novo recorde de gastos com a atividade de lobbying no primeiro trimestre de 2015, no valor de total de 5,5 milhões de dólares, segundo um banco de dados do governo norte-americano.

O Google ficou em nono lugar entre as empresas que mais gastaram com lobby em 2014, com 16,8 milhões de dólares, atrás da Câmara Americana de Comércio (124 milhões de dólares) e da Associação Nacional de Corretores de Imóveis (55 milhões dólares), segundo o Center for Responsive Politics.

A divulgação sobre os gastos de lobby vem em um momento em que a empresa é acusada pela União Europeia de prejudicar as rivais nos resultados de busca.

A Europa também abriu uma investigação sobre as alegações de que o Google usa o Android para manter a sua posição dominante entre usuários do serviço móvel, enquanto os rivais do Google estão pedindo ao Departamento de Justiça dos EUA para abrir também uma investigação formal sobre o Android no país.

O crescente investimento do Google em lobby destaca expansão da presença da empresa de tecnologia em Washington, enquanto participa de batalhas antitruste no país e no exterior, e expande seus negócios em novas áreas, como conectividade de banda larga e os carros autodirigíveis.

"Os grandes gastos da Google em Washington podem objetivar em parte angariar apoio do Congresso e da Casa Branca na sua defesa face à ação antitruste da UE contra a empresa", disse Viveca Novak, porta-voz do Center for Responsive Politics.

(Reportagem de Diane Bartz)

((Tradução Redação São Paulo; + 55 11 5644-7712))

REUTERS AAP RBS