Índices sobem com rali em mercados chineses

quarta-feira, 22 de abril de 2015 07:53 BRT
 

Por Shinichi Saoshiro

TÓQUIO (Reuters) - A maioria dos índices asiáticos fecharam em alta nesta quarta-feira com as bolsas chinesas impulsionadas por estímulos assumindo a liderança.

Às 7h47 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,58 por cento.

O índice japonês Nikkei fechou em alta de 1,1 por cento alcançando uma máxima não vista desde abril de 2000, com investidores estrangeiros comprando por expectativas de uma recuperação que se fortalece na terceira maior economia do mundo e de crescimento nos lucros de corporações.

Os mercados asiáticos encontraram apoio nas medidas da China para impulsionar os empréstimos e combater a desaceleração na economia. No domingo, o banco central chinês cortou a taxa de compulsório para os bancos do país marcando a segunda redução em dois meses.

O índice de Xangai subiu 2,5 por cento atingindo uma nova máxima de sete anos, impulsionada por comentários da mídia estatal que declararam que o mercado altista "apenas começou".

O mercado acionário chinês praticamente dobrou nos últimos seis meses por esperanças de mais afrouxamento monetário, com o melhor desempenho do mundo atraindo investidores de varejo que têm aberto contas num ritmo recorde.

"Estas últimas semanas têm visto uma série de medidas nas frentes regulatória, econômica e política na China. Mesmo que nem todas as notícias tenham sido altistas para as ações, vemos estes desdobramentos como favoráveis para a China no médio prazo", disse a Brown Brothers Harriman em nota a clientes.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,13 por cento, a 20.133 pontos.   Continuação...