Déficit em transações correntes soma US$5,736 bi em março, informa BC

quarta-feira, 22 de abril de 2015 11:00 BRT
 

BRASÍLIA (Reuters) - O Brasil teve déficit em transações correntes de 5,736 bilhões de dólares em março, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Banco Central, os primeiros sob nova metodologia adotada pela autoridade monetária para o cálculo do balanço de pagamentos.

No mês, os investimentos diretos no país (IDP) somaram 4,263 bilhões de dólares, em denominação que substitui a linha de investimentos estrangeiros diretos (IED), passando a considerar fatores como o reinvestimento de lucros no país e empréstimos concedidos por subsidiárias à matriz brasileira.

Economistas consultados pela Reuters projetavam que o saldo da conta corrente ficaria negativo em 5 bilhões de dólares em março, com um IED --ainda pela metodologia anterior-- estimado em 3,85 bilhões de dólares no período. [BRCURA=ECI] [BRFDI=ECI]

No acumulado de 12 meses encerrados em março, o déficit em conta corrente do país ficou em 4,54 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).

(Por Marcela Ayres e Alonso Soto)

 
Logo do Banco Central visto na sede, em Brasília.  15/01/2015   REUTERS/Ueslei Marcelino