McDonald's terá novo plano de reestruturação diante de mais uma queda nas vendas

quarta-feira, 22 de abril de 2015 10:49 BRT
 

(Reuters) - O McDonald's está desenvolvendo um novo plano de reestruturação para impulsionar vendas e lucro em um momento em que a companhia luta para retomar sua posição sobre o altamente competitivo mercado de fast-food.

Nos primeiros resultados trimestrais sob a liderança do novo presidente-executivo, Steve Easterbrook, as vendas globais comparáveis em restaurantes abertos há pelo menos 13 meses caíram 2,3 por cento no trimestre encerrado em 31 de março.

Easterbrook divulgará detalhes do plano de reestruturação em 4 de maio, disse a empresa em comunicado.

O McDonald's está lutando para se recuperar de escândalos alimentares na China e no Japão e enfrenta competição mais dura em seu mercado doméstico, os Estados Unidos, de redes mais ágeis que incluem desde o Chipotle Mexican Grill até o Burger King.

Nos EUA, as promoções do McDonald's falharam em atrair consumidores. As vendas comparáveis no país recuaram 2,6 por cento no trimestre.

Analistas, em média, esperavam um recuo de 1,8 por cento nas vendas globais em mesmas lojas da companhia e baixa de 2,1 por cento nos Estados Unidos, segundo pesquisa da empresa de pesquisa Consensus Metrix.

O McDonald's espera que as vendas globais comparáveis em abril fiquem negativas.

O lucro líquido caiu 32,6 por cento, para 811,5 milhões de dólares, ou 0,84 dólar por ação. Excluindo itens extraordinários, o McDonald's lucrou 1,01 dólar por ação. Analistas esperavam, em média, lucro de 1,06 dólar por ação, de acordo com a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Shailaja Sharma e Lisa Baertlein)