Anima desfaz contrato de união com norte-americana Whitney University System

quarta-feira, 22 de abril de 2015 18:40 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A Anima Educação informou nesta quarta-feira que decidiu desfazer o contrato para unir suas operações com as da norte-americana Whitney University System.

A decisão, comum às duas empresas, ocorreu devido às mudanças impostas ao setor educacional pelo governo federal, que afetaram "as premissas e perspectivas pelas quais foram negociadas as bases estruturais da operação", disse a Anima em comunicado ao mercado.

O governo federal mudou regras para concessão de financiamentos ao ensino superior por meio do programa Fies, impondo notas mínimas em exames prévios e limitando o total de novas vagas financiadas.

"Apesar do distrato, as partes decidiram promover um contrato de cooperação na área de ensino, a partir do qual a Whitney University System licenciará à Anima Educação os seus softwares de educação à distância e marketing", afirmou a empresa brasileira sem dar mais detalhes.

Além disso, as instituições controladas pela Anima Educação passarão a fazer parte da Rede Ilumno, que suportará sua internacionalização, acrescentou.

A Anima pagará à Whitney University System 46 milhões de reais pelo distrato.

A companhia brasileira tinha anunciado em dezembro um acordo para unir suas operações com as da norte-americana no Brasil, incorporando à sua rede a Universidade Veiga de Almeida (UVA), no Rio de Janeiro, e o Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge), em Salvador.

(Por Juliana Schincariol)