Cade aprova compra pela Mitsui de fatia em mina de carvão da Vale em Moçambique

quinta-feira, 23 de abril de 2015 10:20 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra pela japonesa Mitsui de uma participação na mina de carvão Moatize, da mineradora Vale em Moçambique.

A aprovação foi divulgada nesta quinta-feira em despacho no Diário Oficial da União.

A operação consiste na aquisição pela Mitsui de 15 por cento da participação da Vale na Vale Moçambique (VM). A VM é dona de 95 por cento da mina de Moatize.

A mina localizada na província de Tete produz carvão metalúrgico, principalmente, e carvão térmico, subsidiariamente. O carvão é exportado para a Ásia, incluindo Índia, África, Europa, e para as Américas.

Na época do anúncio do acordo, em dezembro do ano passado, a Vale disse que a participação da mineradora na Vale Moçambique adquirida pela Mitsui tinha valor atribuído de 450 milhões de dólares, mas que número final dependia de metas de produção para o projeto.

(Por Luciana Bruno e Priscila Jordão)