Usiminas chegou a avaliar aumento de preços, mas desistiu com recuo do dólar

quinta-feira, 23 de abril de 2015 12:10 BRT
 

SÃO PAULO (Reuters) - A Usiminas chegou a avaliar um aumento de preços de aço no primeiro trimestre quando a moeda norte-americana estava no patamar de 3,20 reais, mas o recuo do câmbio fez a empresa desistir da ideia e trabalhar com um cenário de preços de estabilidade para o período de abril a maio.

Em teleconferência com analistas, o diretor comercial da produtora de aços planos, Sérgio Leite, afirmou que a companhia segue vendo sinais de enfraquecimento da economia brasileira no atual trimestre e com isso projeta queda nas vendas no mercado interno no período.

Para tentar compensar esse movimento, a empresa tentará elevar exportações no segundo trimestre ante os três primeiros meses do ano, apesar da expectativa de que estas vendas externas terão margens menores, disse Leite.

(Por Alberto Alerigi Jr., edição de Luciana Bruno)