Índices regionais aproveitam recorde do Nasdaq

sexta-feira, 24 de abril de 2015 07:58 BRT
 

Por Lisa Twaronite

TÓQUIO (Reuters) - O índice MSCI que reúne ações da Ásia-Pacífico exceto as japonesas avançou a uma nova máxima nesta sexta-feira, caminhando para marcar um ganho na semana após a norte-americana Nasdaq ter atingido um recorde.

Em Wall Street na quinta-feira, o índice Nasdaq superou seu recorde anterior de março de 2000, o auge da bolha da Internet.

Às 7h48 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão subia 0,72 por cento, depois de atingir o maior patamar desde janeiro de 2008, caminhando para encerrar mais uma semana positiva.

O índice Nikkei encerrou com queda de 0,8 por cento após atingir uma máxima de 15 anos na quinta-feira, mas ainda acumulou alta de 1,9 por cento na semana.

As ações em Xangai caíram depois que o regulador de títulos mobiliários do país disse que irá acelerar a aprovação de ofertas públicas iniciais de ações (IPO, na sigla em inglês), num aparente esforço de resfriar o quente mercado.

Mais tarde, o órgão fiscalizador do mercado acionário chinês aprovou uma nova série de 25 IPOs, e disse que publicará duas listas de ofertas públicas iniciais aprovadas por mês, ante uma atualmente.

Isso mostra que "reguladores estão preocupados com o ritmo do rali atual do mercado", disse o analista da Guodu Securities Xiao Shijun. "Isso trará alguma pressão no curto prazo ao mercado."

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,83 por cento, a 20.020 pontos.   Continuação...