Lucro da Electrolux no 1º tri cai menos que o esperado

sexta-feira, 24 de abril de 2015 08:56 BRT
 

ESTOCOLMO (Reuters) - A fabricante de eletrodomésticos Electrolux divulgou nesta sexta-feira uma queda menor que a esperada nos resultados do primeiro trimestre e previu crescimento nos mercados de produtos de linha branca em ambos os lados do Atlântico neste ano, embora tenha acrescentado uma nota de cautela sobre a América do Norte.

A Electrolux disse que a recuperação do lucro em seu negócio europeu continua nos trilhos enquanto a demanda na região, lenta há muito tempo, teve um leve avanço no trimestre.

O presidente-executivo, Keith McLoughlin, disse que o mercado de eletrodomésticos deve crescer entre 1 a 2 por cento na Europa neste ano e entre 3 a 5 por cento na América do Norte, mas complementou que o crescimento nessa última região é visto no lado menor da faixa.

A companhia, que disputa a liderança do mercado com a Whirlpool e a LG Electronics, disse que o lucro operacional caiu para 516 milhões de coroas (59,7 milhões de dólares), ante 731 milhões de coroas um ano antes, mas superou uma previsão média de 375 milhões de coroas numa pesquisa da Reuters com analistas.

A empresa sueca alertou neste mês que teria uma queda para um prejuízo na América do Norte, principalmente devido a custos crescentes para adaptar linhas de produção diante de novas exigências de energia.

(Por Niklas Pollard e Johannes Hellstrom)