Vendas da Gafisa crescem no 1o tri com base em estoques; lançamentos caem

sexta-feira, 24 de abril de 2015 19:46 BRT
 

Por Juliana Schincariol

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A incorporadora Gafisa viu vendas subirem no primeiro trimestre sobre um ano antes, formadas em sua maior parte por unidades em estoque, enquanto os lançamentos recuaram no período.

Entre janeiro e março, os lançamentos caíram 41 por cento no na comparação anual, a 313,6 milhões de reais. No segmento Gafisa, voltado para imóveis de médio e alto padrão, os lançamentos foram de 75,2 milhões de reais, queda anual de 74 por cento, enquanto na Tenda (baixa renda) foram de 238,3 milhões de reais, alta de 31 por cento.

As vendas contratadas líquidas entre janeiro e março foram de 423,3 milhões de reais, avanço anual de 77 por cento, sendo 85,9 por cento equivalentes a vendas estoques.

O segmento Gafisa vendeu 179,8 milhões de reais (com cancelamentos de contratos de 124,8 milhões de reais) e na Tenda as vendas líquidas foram de 243,5 milhões (sendo 56,3 milhões de reais em distratos).

Segundo a companhia, para os segmentos de média e alta rendas, cerca de 92 por cento das vendas líquidas do período foram referentes a projetos lançados até o final do ano de 2012.

O estoque consolidado encerrou o trimestre em 2,9 bilhões de reais, ante 3,1 bilhões de reais ao final de 2014.

O valor de mercado para o estoque de Gafisa, que representa 72 por cento do total, atingiu 2,1 bilhões de reais no final do trimestre, em comparação aos 2,3 bilhões do trimestre anterior. O estoque da Tenda foi avaliado em 803,5 milhões de reais ao fim de março, comparado a 828,7 milhões do quarto trimestre.