CEO da MAN prevê queda de ao menos 30% no mercado brasileiro em 2015

terça-feira, 28 de abril de 2015 07:46 BRT
 

(Reuters) - O presidente-executivo da fabricante de caminhões alemã MAN, Georg Pachta-Reyhofen, disse ver um recuo de ao menos 30 por cento no mercado brasileiro em 2015.

O executivo disse ter cortado custos no Brasil em cerca de 30 por cento, reduzido a força de trabalho em 25 por cento e elevado preços.

Pachta-Reyhofen afirmou durante uma teleconferência que vê uma recuperação no Brasil no terceiro e quarto trimestres, mas acrescentou não poder descartar a possibilidade de registrar um prejuízo no país neste ano.