Refinaria da Petrobras no Japão será fechada temporariamente

terça-feira, 28 de abril de 2015 08:13 BRT
 

TÓQUIO (Reuters) - A japonesa Nansei Sekiyu, da Petrobras, disse ter iniciado os procedimentos para desativar completamente as unidades de refino de sua refinaria Nishihara, de 100 mil barris por dia, em Okinawa, sudoeste do Japão, nesta terça-feira.

A medida faz parte do plano de saída da Petrobras de Okinawa, que prevê o encerramento das atividades da Nansei Sekiyu.

O procedimento de desligamento da refinaria levará cerca de dois dias, e a companhia testará se o local pode funcionar como um terminal para manter estoques de combustível para Okinawa, disse uma porta-voz da empresa.

Ainda não foi decidida qual será a duração da parada, disse a porta-voz.

A Petrobras anunciou no fim de março o encerramento das atividades da refinaria. A petroleira não disse se ou como venderá as instalações em Okinawa. A estatal entrou no mercado japonês em 2008, detendo atualmente a totalidade do ativo no Japão.

(Por Osamu Tsukimori)